Configurando video no Arch Linux

Visto que alguns colegas (bino, andré) e alguns usuários estão com problemas em configurar ambiente gráfico no Arch, irei mostrar de modo geral como configurar o video no Arch Linux. Afinal, como esses mesmo usuários dizem: -No próprio wiki não possui “algumas” informações. O bino postou esse problema no Fórum Arch Linux Brasil mais ainda não foi solucionado. Espero que as informações contidas aqui possa lhe auxiliar a solucionar esse problema.

Como o Arch tem a idéia de oferecer um sistema simples para que você possa personalizar a seu gosto, ele não instala Xorg.conf por padrão. Então é necessário instalar primeiramente o X, configurar o Video, em seguida instalar Gnome ou outro ambiente gráfico.

Primeiro passo, instalar X através do pacman:

#pacman -S xorg

Em seguida, é necessário instalar o modulo correspondente a sua placa de video. Os pacotes são (xf86-video-ati xf86-video-intel xf86-video-nv xf86-video-openchrome \
xf86-video-sis xf86-video-vesa xf86-video-vmware). Neste caso, iremos instalar o xf86-video-intel:

#pacman -S xf86-video-intel

Agora, podemos gerar o arquivo de configuração através do comando:

# Xorg -configure

Este comando irá gerar uma configuração e salvará no arquivo “/root/xorg.conf.new”. Em seguida, copie o arquivo para a localização padrão:

# cp /root/xorg.conf.new /etc/X11/xorg.conf

Antes de abrir o X e não ficar preso sem poder fazer nada pois, provavelmente seu mouse e teclado não serão detectados, é necessário ativar o HAL.

# /etc/rc.d/hal start

Sugiro, que adicione este serviço na linha “DAEMONS” do arquivo “/etc/rc.conf”, para inicializar por padrão durante o boot:

DAEMONS=(syslog-ng network netfs crond hal)

A partir daí, você poderá instalar seu ambiente gráfico.
No caso Kde:

# pacman -S kde kde-l10n-pt_br

No caso Gnome:

# pacman -S gnome gnome-extra

Depois de instalado vamos editar o arquivo “/etc/rec.conf”, e incluir o seu ambiente gráfico para exibir o gerenciador no final do boot. Obs: É necessário ativar o serviço “fam”.
Caso Kde:

DAEMONS=(syslog-ng network netfs crond sshd hal fam kdm)

Caso Gnome:

DAEMONS=(syslog-ng network netfs crond sshd hal fam gdm)

Outro método para inicializar o ambiente gráfico depois do boot é através do inittab. Para isso, abra /etc/inittab usando um editor qualquer.

# emacs /etc/inittab
# nano /etc/inittab
# vi /etc/inittab

Encontre uma linha parecida com essa:

id:3:initdefault:

Comente-a e descomente a seguinte linha:

id:5:initdefault:

Para modificar o gerenciador padrão, caso esteja utilizando Kde:

Encontre uma linha parecida com essa:

x:5:respawn:/usr/bin/xdm -nodaemon

Comente-a, e descomente a seguinte linha:

x:5:respawn:/opt/kde/bin/kdm -nodaemon

Caso esteja utilizando Gnome, descomente essa linha:

x:5:respawn:/usr/sbin/gdm -nodaemon

Salve o arquivo e saia do editor. Na próxima inicialização, o gerenciador de login deverá funcionar.

Seguindo esses passos, seu ambiente gráfico irá “subir” perfeitamente.
Bino e André, caso necessite de mais orientações estou a disposição.

AFK

5 Comentários

  1. Bino disse:

    Obrigado amigo.
    Colocando depois o resultado ou a questao.

    []’ s

  2. Bino disse:

    Clecio, muito obrigado.
    Funcionando 100%, o unico problema e que esta em ingles, porque tinha instalado o KDE primeiro, e agora instalei a traducao mais nao resolveu ainda.
    Configurar o teclado, so a acentuacao que nao esta certa.

    []’s

    • Opa, que bom Bino que deu certo.
      Para colocar o kde em portugues vai tem que baixar o arquivo que está no post. Vc tem que ir no rc.conf e mudar locale=”pt_BR.utf8″ e ir em “etc/locale.gen” e descomentar a linha pt_BR.utf8, em seguida rodar o comando locale-gen.

      Abçs

  3. […] apenas que deverá atualizar seu sistema pacman -Syu. Instalei o Xorg pelo tutorial de um amigo meu Clécio Oliveira, sempre recomendo o link para quem não lembrar e para aprender. […]

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: