Tag Archives: backlog

Backlog – Retrospectiva 2016

É sempre positivo olhar para trás, pois nos ajuda a entender o que deu certo o que de alguma forma ou de forma direta deu errado em nossas vidas. Por isso que gosto de fazer um planejamento, parar, refletir e fazer um backlog (na minha área de atuação, um breve histórico) a cada seis meses.
Ohhhhh 2016, viu! Um ano horrível para alguns, cheios de complicações, política, corrupção, aumento dos preços de vários itens e por aí vai. Só leio/escuto as pessoas dizem: Que acabe logo esse ano.
Lógico que não tem como nem dizer que não ocorreu coisas ruins em 2016, isso falando de modo geral. Mas, se eu falasse que 2016 foi bom, poderei me sentir mal. Afinal, se as pessoas ao meu redor não estiverem bem, como posso está né?! Sei que isso não é recíproco, porém, consigo ser um nível além. Não é prepotência, me chamem de sentimentalista em evolução. 😀
6 meses que as coisas começaram a se encaixar, de oportunidade, de chances, de trabalho, de objetivos. 6 meses de reconstrução pessoal, de ficar longe de pessoas ruins (sim, inacreditável, mas existem pessoas podres e se figem ser boas, acreditam nisso, ou no que dizem em redes sociais), aprendi muito e constatei muitas outras coisas também, aliás, constatei muitas coisas no campo pessoal/sentimental/social e aprendi muito no campo profissional. Metas alcançadas projetadas a cerca de 3 a 4 anos atrás. Nada melhor do que você ter o seu lugarzinho, não importa onde desde que seja seu e poder deixar entrar quem realmente é importante para você e quem tem caráter. Cursos novos, outra área, outra língua, retorno a Universidade Federal e por aí vai. O fato é que coisas boas chegaram como também coisas e pessoas ruins saíram. Aprendi e constatei muitas coisas sobre alguns seres humanos, e fiquei abismado.

  • Este ano foi onde constatei que mesmo acertando de forma errada, continuo simples, franco, sincero, sempre recíproco, companheiro, cheio de cumplicidade e respeito. Um HOMEM, e apenas um HOMEM sem prepotência, que sabe o seu valor. Quem me conhece sabe que não me troco por nenhuma miniatura de homem existente por aí.
  • Este foi o ano em que constatei o podridão do ser humano e a falsidade em redes sociais de pessoas que não tem caráter assim como os leva e trás. Afinal, caráter não se muda! Fingir, pode até fingir, mentir pode até mentir, mas a máscara caí e no final sempre mostra como a pessoa é de verdade. Algo de DEUS que retirou da minha vida. Imagino se fosse 3 ou 6 meses depois. Isso foi livramento, e sempre serei grato por isso. Que retorne ao mundo de onde veio. Olha o sorriso no rosto do negão 😀
  • Este foi o ano que também vi que o podridão do ser humano depende de família, se a família for bem constituída ajuda, porém não resolve. Cada ser humano faz suas escolhas, causa e consequência por tais escolhas. Se o ser humano planta o bem colhe o bem, se plantar coisas ruins, como falsidade e mentiras, vai colher também falsidade e mentiras, mesmo que no circulo familiar reina por um lado valores e por outros hipocrisia e falsidades.
  • Este foi o ano em que entrei no maravilhoso mundo dos surdos, da sua cultura, da sua língua, das suas lutas e valores. Estou fascinado.
  • Este foi o ano em que aprendi que posso perdoar pessoas, dar oportunidades, viver tranquilo, mas sempre lembrar do aprendizado, afinal perdoar não é esquecer, mas sim lembrar sem sentir qualquer coisa ruim. Evolução contínua.
  • Este foi o ano em que constatei enquanto muitas gente vive na onda da sociedade de ostentação, viagens, barzinho, shows, baladas, se você seguir focado em seus objetivos você consegue realizar seus projetos, inclusive objetivos grandiosos materiais e pessoais, foi isso que ocorreu comigo. E viagens, barzinho, shows, baladas duram apenas um momento, e não troco um momento por uma vida.
  • Este foi o ano que constatei mais do que nunca que o conhecimento em Segurança da Informação, que temos muitas pessoas gostariam de ter, porém, se soubessem só iriam usufruir para o mal. Tive conhecimento de casais que vivem em desconfiança um do outro, porém, não admitem um tocar no celular do outro. Será que não estão confundindo respeito de uma relação com privacidade/traição? Dúvida diária de determinadas pessoas, porém, em redes sociais a maior felicidade do mundo. :/
  • Este foi o ano em que vi que sou querido por tantas pessoas que REALMENTE são fieis a a amizade. Digo isso devido o próximo item. Vi que pessoas que atualmente andam juntas e se dizem amigas, falam mal tanto um do outro, deseja mal, dizem barbaridade sobre o caráter um do outro e depois se dizem amigos e confidentes. Emocionado e muito feliz fiquei em saber que realmente tenho amizades e que pessoas querem e desejam o meu bem e não é por interesse. #emocionado #grato
  • Este foi o ano em que vi que amizades sinceras tem definições de valores distintos do que realmente é uma amizade sincera. Se tiver algum interesse envolvido são maiores amigos mesmo um falando mal do outro, isso vale para familiares. Sim, isso é ridículo.
  • Este foi o ano em que constatei que as pessoas se sentem bem denegrindo os outros, falando mal, mentindo e ainda se fazem de bom seguidores de DEUS e tais preceitos religiosos, um verdadeiro puritanos. Isso tudo para manter uma falsa vida e conduta entre as pessoas do seu convívio, lar, família e falsos colegas.
  • Este foi o ano em que constatei que é muito agradável  conversar sobre coisas simples com pessoas simples. #amo
  • Este foi o ano que constatei que quem liga para aparência são apenas quem não tem valores e caráter. Isso é apenas seu, sua autoestima e também para quem liga apenas para aparência como troféu. Vi que algumas pessoas escondem atrás de maquiagem para se manter feliz, já que o seus atos/ações não condiz com uma pessoa de caráter. Porém, felizmente é algo natural, não tem como brigar contra o poder da natureza, o poder de DEUS, eu quero é viver e envelhecer mesmo, dignamente.
  • Este foi o ano em que colegas e amigos estranharam minhas redes sociais, mudança drásticas ao ver fotos, momentos, festas e demais imagens postados, porém, não postadas por mim. Livramento, graças a DEUS, pois eu não vivo de aparências.
  • Este foi o ano em que constatei que as pessoas acham que podem fazer tudo com os outros, porém, se você for recíproco e tratar da mesma forma na mesma medida e pior do que elas nos tratam desde que mereçam, elas não aceitam. Te crucificam e desejam tornar você o errado, baseado na visão delas para manter a aparência. Livramento! Grato DEUS!
  • Este foi o ano em que constatei que possuo muito valor como ser humano devido minhas ações e atitudes sempre em evolução. Já disse isso né! Sim, eu sei. Mesmo depois de tantas pedras jogadas em minha pessoa, continuo aqui com o mesmo caráter que sempre tive. Livramento de DEUS!
  • Este foi o ano em que constatei que continuo mais romântico, mais sentimentalista, porém não bobo. Quanto mais eu tenho mais eu dou, porém, senão recebo, ouço que mudei. kkkkkkkk :/ Desejam receber, porém não estão dispostos a pagar o preço.
  • Este foi o ano em que constatei que realmente sou resiliente e aberto a conversa e totalmente intolerante a baixaria.
  • Este foi o ano que constatei que me amo mais a cada dia, mais do que seis meses atrás e que consigo fazer qualquer pessoa feliz desde que me dê a oportunidade e me dê respeito desde o início.
  • Este foi o ano em que escrevi muitas palavras sinceras, escrevi poemas, versos sempre verdadeiros e vi que realmente tais palavras tem valores apenas para quem escreve. Me lembro do primeiro até hoje… escrito em papel com o nome: Senão for para ficar, não deixe eu entrar. Errei tentando acertar, o contrário do primeiro item, que acertei de forma errada! Livramento, mais uma vez!
  • Este foi o ano em que vi que preciso retornar a escrever mais e dessa vez expor aqui no blog o que escrevo, sinto, mostro, penso, aprendo e compartilho.
  • Este foi novamente o ano em que constatei que o que todos fazem, mostram, ostentam para inflar seu ego em redes sociais eu faço exatamente tudo que fizeram, porém, não publico, ou seja, meu ego continua, zero. Grato por isso DEUS!
  • Este foi o ano que constatei que tive muitos livramentos em minha vida. Livramentos de vida, livramentos pessoais, livramentos financeiros. Reconheço tudo e por isso sou grato e agradeço muito a DEUS!

Como eu disse acima, foi o ano que chegou muitas coisas/pessoas boas e um ano que também saiu coisas/pessoas ruins. Aprendizados, maturidade e muito jogo de cintura. Falei um pouco sobre relações de sociedade amigo/colega, família, caráter e não toquei tanto em projetos pessoais realizados, afinal porque falar de seus objetivos materiais, já que o interesse é sempre compartilhar emoções e sentimentos. Detalhe, nas horas vagas estou trabalhando em algo muito interessante. Quem sabe se você for de Goiânia não me chame e façamos uma corrida 😛

Que o ano que vem consiga sim ser tão bom, feliz e até melhor que 2016. Sempre lembrando um passinho de cada vez, não apenas no ano seguinte, mas em minha vida geral. Muita gratidão pelos livramentos. Meu mantra: Paz de espírito sempre, amor, sinceridade, reciprocidade, respeito, companheirismo e cumplicidade. Que DEUS possa realizar nossos sonhos, abrindo nossos cominhos, direcionando nossos passos ao sucesso, a felicidade e verdade.

Feliz Ano Novo! Um Feliz 2017! Boas festas! 🙂 😀 😆 😉

AFK

 

%d blogueiros gostam disto: