Tag Archives: hotel

Reviravoltas da vida

Hoje peço licença aos leitores do tema tecnologia para escrever algumas palavras. Até pelo local inspirador que me encontro, não é todo dia que acordo em um local maravilhoso assim.

Hotel da Pipa – Rio Grande do Norte

Algumas pessoas “amigas” me questionou sobre alguns acontecimentos que tem ocorrido na minha vida, principalmente algumas “guinadas” que vivenciei. Não que eu deva satisfação a alguém, mas creio devido o local dessa viagem, o retorno a Rio Grande do Norte, essa beleza de lugar, esse paraíso fez “me questionar”: E hoje, como estou? Baseado em meu planejamento que sempre faço a cada seis meses (sou bastante exigente com isso), mesmo com algumas frustrações quando algo dar errado ou quando ocorre algumas coisas bizarras e absurdas, nenhum desses acontecimentos me impediu e interrompeu minhas buscas, por sonhos, objetivos e por porque não, respostas sobre o dilema da vida.

Vida essa que se encontra normal, estável, feliz, alegre e sorridente. Talvez por causa desse semblante que tenho hoje, que escutei alguns questionamentos, como:

  • Você está com um brilho diferente no olhar, aconteceu algo?
  • Você tem algo diferente, emana paz, nos trás sossego, sempre sorrindo, brincando, como consegue ser tão contagiante?
  • Sua presença me faz bem. Será porquê?
  • É tão bom/fácil conversar contigo. Você fez coaching?

    É tão bom escutar isso, não como elogio mas sim por saber que transcede o olhar. Curiosamente, tem um tempinho que não escuto que sou chato apesar de ser :). As vezes escutamos também algum comentário maldoso, mas filtramos apenas o que tempera a nossa alma e o que chega para envenenar descartamos.

    Como qualquer pessoa que vive neste planeta, sou com todos, com defeitos e virtudes, problemas e soluções, feito de átomos e células, de carne e osso, teimoso, chato (adoro) persistente, enjoado (amo) e às vezes frágil. Porém, nunca deixei de tentar seguir em frente, de defender meus ideais, meus pontos de vista, minha maneira de pensar, de aprender, de dialogar e jamais desisti dos meus sonhos e desejos. 

    Não sou de chorar e ficar num canto se lamentando, afinal tudo com o tempo passa. Aprendi que na vida tudo acaba em sorrisos e alegrias. As escolhas são sempre nossas! Assim, como as consequências que somos fadados a carregar.

    Gratidão é o que tenho todo santo dia, é o que prego para o meu eu interior, baseado em tudo que já se passou. Não temos culpa de nascer na família que temos, quando me refiro a culpa não é de forma ruim, pelo contrário sou muito grato pela família que tenho, a melhor família é sempre a nossa rsrsrs, apenas me refiro que não temos escolha, não escolhemos o tempo, dia, hora e muito menos quem será nossos pais, irmãos e parentes. Temos apenas as escolhas que a cada dia que passa irá direcionar o nosso futuro. E por isso sempre tomei as rédeas da minha vida, nunca fui de me vitimizar.

    Não é porque alguém teve uma oportunidade ou mais que temos que desistir de tentar. Não é por questão de roupa, raça, calçado, cor que você irá se sentir superior e/ou inferior, não é questão de beleza, marca/etiqueta e bens que você não vai se sentir orgulhoso de si. Sim é difícil, mas não podemos desistir. No fim, todos sabemos como acaba e não é preciso dizer mais um clichê: “na vida nada se leva e quando se vai, deixamos tudo para os outros.” Porém, alguns percebem isso tarde, um pouco tarde e até tarde demais.

    2017, iniciou  um novo ciclo na minha vida. E não estou me referindo a mudança de vida, a conquistas materiais, pessoais, a novos relacionamentos, mas sim a um outro nível de amadurecimento, mais um degrau de maturidade. Como eu disse, faço planejamento a cada seis meses e alguns acontecimentos me surpreendeu com várias situações que eu mesmo não esperava que fossem possíveis, mas que aconteceram. Lembrando que a “resenha” never ends. 😀 Sorriso sempre!

    Devemos aprender com as situações, fatos, assim como as pessoas. Acredito que sem ter passado determinadas situações, mesmo com empatia, não podemos chegar a profundeza da alma humana que atualmente é tão rasa. Através dessas situações, fatos e pessoas que passam por nossas vidas e o que trazem consigo, podemos alcançar uma plenitude de maturidade emocional e espiritual. Consequentemente, compreender ou melhor, ter uma facilidade de entendimento das razões que movem as relações entre os seres humanos.

    Tenho uma imensa gratidão por todas as pessoas e situações que passaram em minha vida. Problemas foram sanados, poucas pessoas que mantenho distância sem nenhuma mágoa, mas com lições aprendidas, e outras tantas pessoas que sou tão feliz por manter lindos e maravilhosos laços de amizade e carinho.

    Deitado onde estou, escrevendo tais palavras irei até arriscar um poema (poeminha) autobiográfico para parafrasear e concluir:

    Meu EU, em terceira pessoa

    Um menino, frágil sim, sentimental muito mais,
    Solitário, porém forte demais.
    Em busca de sonhos, através dos seus ideais,
    sabe que em toda escolha, tem bônus e ônus reais.

    Saindo do Estado natal, nem a capital ele conheceu
    Em um Estado vizinho, foi quando aconteceu.
    Foi atrás do sonho de ser jogador e viajar pelo país,
    O sonho foi interrompido, mas não o tornou infeliz.

    Sua paixão pela tecnologia o levaria aonde ele queria
    Leste, Oeste, Norte e Sul, o Brasil ele conheceria.
    De calor ao frio, mata e litoral,
    Pelotas, Amazonas e Jurerê, até país Internacional.

    De todas as viagens, uma foi especial,
    Rever familiares em sua terra natal.
    Muitos bate-voltas, que virou rotina,
    Com ou sem curtição, viagens o fascina.

    Sentimentalista, vive em prol do amor,
    Sorriu, chorou assim conheceu a dor.
    Insistente, do amor nunca desistiu,
    É mais ou menos assim, que ele insistiu.

    Atualmente, ele vive um passo de cada vez,
    com DEUS, família e alguns amigos talvez.
    Seguindo adiante, dançando como sempre quis,
    Nordestino, baiano, o forró está no sangue é o que sempre diz.

    Coisas novas, em evolução sempre aprendendo,
    Ritmos e cursos novos, assim ele vai crescendo.
    Pessoalmente e profissionalmente,
    Uma linha tênue ele vai escrevendo.

    Trabalho e diversão,
    Guiado pelo seu coração.
    Entre o amor e a liberdade,
    nunca escondeu sua paixão.

    Simples, chato e enjoado
    Sincero, franco e abençoado.
    Ranzinza, impaciente e meticuloso.
    Odeia, repugna alguém mentiroso.

    Todos tem o direito de voar, ele acredita, mas não é o seu lema,
    vou citar seu lema, espero que entenda.
    Respeito, amor e cumplicidade,
    Companheirismo e  reciprocidade.

    E para finalizar, sendo brega e romântico,
    Ele está feliz a seu modo sendo autêntico.
    Cafuné, sorrisos, carinhos, ele gosta de verdade,
    No final, todos buscamos o que ele conseguiu: o estado de felicidade!

    Bem, pessoal é isso. Agora arrumar as malas retornar para o estado onde atualmente moro, até breve! Que esse estado durável de espirito possa se espalhar por todo o nosso ser e se estender por muito tempo e caso ela se esvair, que seja por pouquíssimo tempo.

    Apesar de não gostar de publicar fotos minhas, deixo algumas fotos dos locais que visitei dessa vez a trabalho, mas deu para aproveitar um pouco, nesse maravilhoso estado, Rio Grande do Norte passando por Natal, praias de Pipa (Praia do Amor, Cacimbinha, Praia do Madeiro, Tibau do Sul). Possui alguns videos de Natal (dunas, guiando bugre, golfinhos em Tibau) devido a internet e tamanho do vídeo não irei postar por enquanto. Recomendo demais tais locais.

    AFK

    %d blogueiros gostam disto: