Tag Archives: Aristóteles

Pessoa chata, zumbi simpático

Num mundo cheio de pessoas querendo ser o que não é, de falsidades, cópias, devemos manter nossa essência e integridade. Lógico que cada pessoa possui os próprios valores, as próprias verdades, alguns valorizam o que outros desvalorizam. É a vida, porém existe aquele que valoriza tudo o que na verdade não valoriza nada.

Aquel(x) que não representa nada, cairá por nada. – Clécio Oliveira

Baseado na frase do filósofo Aristóteles que disse em tradução livre: Ter muitos amigos é não ter nenhum. Que por sua vez, possa ter influenciado outro filósofo chamado Louis Bourdaloue, que disse posteriormente algo parecido: “O amigo de todos não é amigo de ninguém”.

Mesmo com algumas divergências sabemos que não é possível ser um amigo verdadeiro para todos e devemos ser cautelosos com alguém que tenta agir assim. Afinal, como se pode confiar em alguém que é amigo do seu inimigo ou  desafeto? A questão não é sobre qualidade versus quantidade e nem em quem ou quantos você deve confiar. É apenas sobre comportamento de pessoas que tentam agradar a todos, pessoa sem sal, sem opinião, política.

Às vezes, a amizade exige uma escolha de lado em um conflito, a defesa de duras verdades, a manutenção de algum segredo, a presença em tempos difíceis, a vontade de desejar o bem para alguém mesmo que não a tenhamos, a promessa de lealdade ou alguma outra ação difícil. Você não pode fazer tudo isso para o mundo todo. Isso porque,  você se desgastará e esgotará, e o mais importante, você não pode suportar dois lados opostos.

E porque fazer tal escolha? Por sua própria essência, de suas verdades já ditas acima, gostos, modo e jeito natural de ser e de viver. Quando se age politicamente sendo “bonzinho e amiguinho das pessoas” você é notado e nitidamente é visto como falso, aliado as ações de anular-se, torna-se um fantoche, um zumbi refém de outras pessoas.

É possível ser “amigável” com a maioria das pessoas em geral. Significa simplesmente tratar bem as pessoas, cumprimentá-las com um sorriso e estar aberto ao que elas querem dizer, ser educado. Isso é muito diferente da amizade. A verdadeira amizade requer uma escolha e um comprometimento. Muitas vezes, requer a escolha de uma pessoa em detrimento de outra.

Se alguém age como se fosse seu amigo íntimo, mas também age dessa maneira com alguém cujos interesses são contrários ao seu, isso é um enorme alerta. Não pense que você pode contar com essa pessoa e pense com cuidado antes de decidir confiar nela. Tal pessoa provavelmente não entende a verdadeira amizade ou está sendo intencionalmente duas caras.

A lealdade é uma grande parte da amizade e levando em consideração a bíblia que muitos dizem seguir, ela nos diz, não se pode servir a dois senhores (Matheus 6:24). As pessoas que agem de tal forma é mais ou menos como aquele que acende uma vela a Deus e uma outra vela ao Diabo.

Pegue sua máscara, pessoa chata e/ou zumbi simpático.

Faça a sua escolha ou não.

AFK

%d blogueiros gostam disto: